Renting de equipamentos de TI

faça renting de computadores, servidores ou outro tipo de acessórios e aumente a competitividade da sua empresa

Faça uma simulação

Receba uma proposta em minutos. Simples.

A tecnologia é um elemento indispensável aos negócios hoje em dia. Não há empresa que consiga avançar sem o recurso a, pelo menos, um pequeno computador. Seja porque os clientes assim o exigem, seja porque os fornecedores e parceiros pedem, seja porque a Autoridade Tributária tem já tudo informatizado e, para “trabalhar” com eles, há que fazê-lo por via digital.

No caso das pequenas e médias empresas, a informatização e, acima de tudo, a transformação digital do negócio poderá tornar-se algo pesada para o orçamento disponível. A necessidade de atualização recorrente das máquinas, ainda mais. A opção pelo renting de equipamentos de TI assume-se aqui como uma alternativa à compra, podendo e devendo ser um caminho a seguir.

    O que é o renting?

    O renting permite às pequenas e médias empresas alugarem os equipamentos necessários à sua atividade, mediante o pagamento de rendas mensais ou trimestrais previamente definidas no contrato estabelecido.

     

    E o renting de equipamentos de TI?

    O renting de equipamentos de TI integra todo o tipo de hardware informático. Desde o desktop ao portátil, tablets e smartphones, ou mesmo equipamento mais “pesado” como routers, redes e servidores tão comuns em centros de dados. Esta modalidade inclui também o aluguer de software necessário ao crescimento do negócio.  O software de faturação ou de gestão de fornecedores são alguns exemplos.

     

    Esta opção está disponível para todo o tipo de empresas?

    O renting, de uma maneira geral, está ao alcance de todo o tipo de empresas. É também uma opção viável, independentemente do setor de atividade em que a organização atua. No caso das PME, os benefícios podem acabar por ser maiores, já que os orçamentos são mais apertados e difíceis de gerir, pelo que o renting tornará menos pesado o acesso a novos equipamentos.

     

    Mas será que o renting de equipamentos informáticos está indicado para todas as PME?

    Sem dúvida que sim. Não há qualquer tipo de restrição de dimensão, atividade ou localização geográfica. Não sabe se o renting é a opção indicada para o seu negócio? Clique no botão e preencha o formulário. Receberá no seu email a informação do montante financiado pela Liqui.do para o seu negócio.

     

    Simular valor financiado

     

    Que tipo de PME tem a ganhar com esta modalidade?

    Todas as pequenas e médias empresas têm algo a ganhar com esta modalidade. A opção deverá ser sempre considerada quer por quem inicia um novo negócio quer por quem pretende renovar o seu parque informático ou trabalhar na sua expansão.

     

    Quais os custos associados ao renting de equipamentos de TI?

    Quando se opta por uma solução de renting, os custos associados não vão além da renda mensal que se paga ao parceiro escolhido e que varia em função da quantidade e tipo de equipamentos pretendidos.

     

    Torna-se necessário fazer algum investimento logo à partida?

    Uma das grandes vantagens do renting é o facto de este tipo de solução não envolver qualquer investimento inicial. A empresa tem acesso aos equipamentos informáticos que procura, pagando apenas o seu aluguer mensal.

     

    O que considerar antes de fazer o renting de equipamento informático?

    Deverá começar por avaliar, com bastante rigor, o seu parque informático. Deve perceber de que tipo de equipamentos dispõe e quais estão a necessitar de renovação, tendo em conta uma importante modernização tecnológica. Se os for adquirir pela primeira vez, a ideia passa por saber quantos equipamentos necessita e com que tipo de características.

    Uma outra questão a ter em conta é o budget disponível. É que, embora o renting não obrigue a um investimento inicial, e pese muito menos no orçamento, a verdade é que existe sempre uma renda a pagar.

    Tem um parque informático para renovar e está a considerar a hipótese do renting? Faça uma simulação e fique a conhecer o valor máximo financiado para a sua PME. Depois disso poderá simular as suas rendas.

     

    Comece a sua simulação

     

    Boas práticas a ter em conta na escolha do parceiro de renting

    Como em tudo o que diz respeito a negócios, também a escolha do parceiro de renting certo é condição essencial para o sucesso da parceria. Neste caso, importa ter uma boa conversa com o seu parceiro antes de avançar. Quanto melhor o parceiro de renting entender o seu negócio, mais fácil será recomendar um fornecedor de equipamentos. É com o fornecedor que deve tratar de todas as questões relacionadas com manutenção e consumíveis.

    Uma outra questão importante é entender bem todos os termos do contrato, conhecendo a responsabilidade da sua empresa pelo equipamento de TI que está a alugar antes de o assinar. Certifique-se de que as condições são claras e que está tudo incluído no documento.

    Finalmente, não deverá avançar sem fazer bem contas ao seu orçamento versus as necessidades que tem e perceber qual o budget disponível para alocar ao renting mensalmente.

     

    Que tipo de equipamentos informáticos posso ter em renting?

    Pode considerar esta opção para um alargado conjunto de equipamentos, que começam desde logo nos laptops e desktops, e passam por tablets, servidores, material para armazenamento de dados ou ainda equipamentos de rede.

     

    Para além das questões financeiras, que outros motivos podem levar a fazer um renting nesta área?

    São vários os motivos pelos quais a empresa poderá optar por esta modalidade, com destaque para:

    • Crescimento temporário de equipas devido a picos de trabalho. Algumas empresas podem ter necessidade de contratar pessoal temporário para ajudar durante períodos de maior afluência de trabalho. Alugar um laptop, um PC ou um tablet para esses trabalhadores adicionais, normalmente, custa menos do que a compra de equipamentos novos, com a vantagem de os poder devolver no final do contrato.
    • Vantagens fiscais – já que esta é uma modalidade que permite deduzir as prestações pagas mensalmente pelos equipamentos informáticos. Na verdade, o valor passa a ser considerado uma despesa operacional, e não está sujeito ao imposto de selo. O IVA é normalmente dedutível ou passará a ter um menor impacto na tesouraria, com pagamentos que podem ser distribuídos pela duração do contrato.
    • Responder ao ritmo acelerado da modernização tecnológica é outro grande desafio que as empresas enfrentam, nomeadamente quando falamos de PME. Na verdade, as tecnologias evoluem a uma velocidade muito acelerada e algo que se adquiriu há dois anos poderá estar já totalmente obsoleto. Nem sempre é fácil contar com os mais recentes equipamentos de TI, mas o renting resolve o problema já que o peso da modernização tecnológica recai agora sobre os ombros do parceiro de escolhido.
    • Flexibilidade – é uma enorme mais-valia do renting. Esta modalidade permite trocar um desktop por um laptop ou este último por um tablet sempre e quando isso for uma efetiva mais-valia para o negócio da empresa.

     

    As questões técnicas podem ser consideradas no renting?

    Quando falamos de equipamentos – hardware – e, nomeadamente de equipamento informático, as questões técnicas preocupam largamente os utilizadores.

    A responsabilidade pela manutenção dos equipamentos recai sobre o fornecedor, pelo que deve desde o início ter estes serviços definidos. Os serviços não estão incluídos no contrato de renting por uma questão de segurança. Se existisse um problema com o fornecedor ou este não fosse capaz de dar resposta a alguma questão ficaria limitado em termos de opções. Ao contratar fora do acordo de renting ganha flexibilidade para escolher o fornecedor.

    Se procura uma solução mais flexível para equipar a sua PME, saiba que o renting de equipamentos informáticos pode ser a opção que procura. Faça uma simulação. Receba no seu email a informação sobre o montante máximo financiado para a sua empresa e o prazo disponível para o contrato de renting.

     

    Começar simulação

     

    Vantagens do renting de equipamentos de TI

    Testar antes de avançar é uma vantagem?

    Sem dúvida nenhuma que sim. Está a pensar expandir o negócio da sua PME e apostar numa nova unidade, mas não pretende adquirir desde logo todo o material informático – num investimento que será substancial – sem antes perceber, durante uns meses, se a aposta será ou não positiva? O renting é a opção: alugue PC, monitores, cabos de rede, routers e tudo o que precisa para avançar. Se não der certo, o equipamento informático poderá regressar ao seu parceiro de renting. E sem um pesado investimento inicial.

     

    Quais as principais vantagens específicas deste tipo de contrato?

    A ausência de investimento inicial que permite a qualquer organização optar por equipamentos mais dotados em termos de características técnicas, oferecendo maior produtividade, agilizando processos a nível de eficiência e rapidez.

     

    Este é um cenário seguro?

    Sim, a segurança é uma das grandes mais-valias do renting de equipamento informático. A existência de equipamentos de substituição em caso de avaria e seguro multirriscos garantem a operacionalidade de qualquer organização. A renovação tecnológica inerente garante um maior crescimento e, consequentemente, a segurança do negócio.

    Faça uma simulação e torne a sua PME mais competitiva. Basta clicar no botão, preencher o formulário e aguardar o nosso email com informação do montante máximo financiado para a sua organização.

     

    Faça uma simulação

     

    Opções de financiamento

    Renting Vs Leasing. Por qual deve optar?

    Embora possam parecer muito semelhantes na forma, a verdade é que uma e outra opção apresentam características diferentes. No modelo de leasing, fica definida, logo à partida, a compra do equipamento, por um valor residual que deverá pagar no final do contrato.

    Já no renting, a propriedade do equipamento não muda, a menos que o cliente assim o deseje e defina de forma explícita. Nesse caso, no final do contrato, o equipamento será vendido pelo valor justo de mercado. A outra opção é trocar os mesmos equipamentos informáticos, já algo obsoletos, pela mais moderna tecnologia que o mercado tem para oferecer naquele momento. E manter o seu modelo de renting ativo.

     

    Será o renting mais vantajoso que a compra?

    Acreditamos que sim. Olhar apenas para as necessidades atuais e proceder a um investimento tendo em consideração apenas as mesmas acarreta um risco imenso. A compra que parece acertada hoje pode revelar-se desastrosa a longo prazo.

    O equipamento tecnológico torna-se rapidamente obsoleto. A sua substituição num curto espaço de tempo é inevitável para empresas que querem estar à frente da concorrência. Ao comprar o equipamento terá necessariamente de gastar 100% do capital à partida, seja com recurso a crédito ou capital próprio.

    Para tomar uma decisão informada faça uma simulação. Preencha o formulário com os dados da sua PME. Vai receber no seu email a informação sobre o montante máximo financiado e o prazo disponível para o contrato. Depois disso poderá simular as suas rendas mensais. Simples!

     

    Fazer simulação

    esteja um passo à frente da concorrência:
    alugue hoje o equipamento de TI mais recente

    Faça a sua simulação